Quem é você? Como define o seu verdadeiro Eu?

São questões por vezes difíceis de responder.

Descobrir e honrar o nosso Eu é um tema que tem preocupado muitos filósofos e psicólogos, que têm chegado à conclusão que o auto-conhecimento é a porta para alcançar uma vida feliz e plena.

Estudos têm demonstrado que honrar a nossa autenticidade está associado com emoções positivas, alegria, optimismo e melhor auto-estima. Também permite definir as nossas escolhas e valores tendo em conta o respeito por nós próprios.

As pessoas que honram a sua autenticidade são capazes de:

  • Viver de acordo com uma definição de integridade;
  • Decidir o que é importante para si em vez de seguir a definição de sucesso dos outros;
  • Favorecer a si mesmo em vez de estar sempre a agradar os outros;
  • Receber críticas construtivas sem se sentir diminuído;
  • Defender aquilo que acredita mesmo quando significa ir contra todos;
  • Ver os problemas como desafios e não como falhas pessoais;
  • Formar relações saudáveis.

Mas sejamos realistas, poucas pessoas conseguem atingir isto tudo de uma só vez. Todos temos áreas que favorecemos e investimos o nosso tempo para melhorar e outras não. Para melhorar apenas temos de estar conscientes do que temos de mudar.

Então o primeiro passo é identificar que histórias conta de si aos outros que limitam a sua essência, o seu Eu.

Para tal proponho o seguinte exercício – A minha história.

Escolha um lugar calmo onde não possa ser perturbado. Conceda 30 minutos do seu tempo, fique à vontade e descontraia. Se for mais fácil feche os olhos e respire lentamente. O objectivo é relaxar a sua mente para dar asas à sua imaginação.

Imagine que um novo filme acaba de estrear com o título – A minha história – e é sobre si e a sua vida.

Que tipo de filme é? Um drama ou uma comédia?

Tem um final feliz ou trágico? Quem são os personagens principais?

Que tipo de aventuras o herói/heroína atravessa?

Depois de ter os detalhes do seu filme use as seguintes perguntas para pensar como esta história tem influenciado a sua imagem e as escolhas que tem feito ao longo da sua vida:

  1. Donde vem esta história? Quem são as suas maiores influências?
  2. Como é que esta história afectou-lhe? De que forma ela:
    1. Ajudou ou prejudicou (imagem/escolhas)?
    2. Inspirou-lhe ou tirou-lhe a esperança?
  3. Como é que esta história influenciou as suas escolhas?
    1. Que metas levou-lhe para que fizesse essas escolhas?
    2. Que metas levou-lhe a evitar ou abandonar escolhas?
  4. Que elementos desta história poderia descartar porque enfraquece-o(a)?

Escreva uma breve descrição que inclua os eventos que tenham contribuído para o desenvolvimento da sua história e como se sente com a “nova” história tendo em conta as respostas às perguntas anteriores.

 

Comments are closed.

Set your Twitter account name in your settings to use the TwitterBar Section.